por
 em Joinville
Servidores dos PAs completam 17 dias de greve e prefeito não aceita negociar | Foto: Aline Seitenfus

Servidores dos PAs completam 17 dias de greve e prefeito não aceita negociar | Foto: Aline Seitenfus

Hoje (27/12) os servidores que trabalham no recesso  completam 17 dias de greve. O movimento cobra do governo melhores condições de trabalho, segurança, contratação de novos profissionais e também a revisão da gratificação. Até o momento o prefeito Udo Döhler não aceitou discutir a greve que paralisa cerca de 90% dos servidores dos Pronto Atendimentos (PAs).

Para o Sinsej, essa é uma demonstração clara de falta de interesse na manutenção e melhoria do atendimento à população. Os servidores querem voltar a trabalhar, mas para isso é necessário que o prefeito negocie e resolva essa situação.

Amanhã, às 9 horas, os grevistas se concentram novamente em frente à Prefeitura. Negocia, Udo Döhler!

Deixe um comentário