Na próxima quinta-feira (15/2), às 19 horas, o Sinsej reúne o Conselho de Representantes dos servidores de Joinville para discutir a Greve Geral contra a Reforma da Previdência e a mobilização contra o projeto de extinção de cargos no Hospital São José.

A Greve Geral é chamada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) para barrar a aprovação do projeto que coloca um fim à Previdência no país. A mobilização será no dia 19 de fevereiro, uma segunda-feira. Nesta data, o Congresso Federal deve votar a proposta.

Além disso, o governo municipal busca passar na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ) o Projeto de Lei Complementar 122/2017, que extingue 26 cargos no Hospital São José e outros 10 no município. No dia 19, a proposta irá passar na Comissão de Legislação, Justiça e Redação. Os conselheiros e servidores são convocados a comparecer e lutar contra o fim dos 36 cargos e contra a privatização dos serviços públicos.

Todos os representantes são chamados a participar e a defender o serviço público e a Previdência.

Deixe um comentário