por
 em Joinville
Kályta Morgana de Lima

Próxima assembleia da categoria ocorre nessa quinta (24/5) | Foto: Kályta Morgana de Lima

O Conselho de Representantes de Joinville, que se reuniu nessa terça-feira (22/5), rejeitou a proposta do prefeito Udo Döhler e reiterou a importância de mobilizar a categoria para a assembleia dessa quinta-feira (24/5).

Ulrich Beathalter, presidente do Sinsej, iniciou relatando a última reunião com o governo. A Prefeitura quer conceder 1,69% de reajuste, a ser pago na folha de agosto, e aumento do vale-alimentação de R$ 296,95 para R$ 310. Ele enfatizou que é preciso entusiasmar os servidores na luta para conquistar mais avanços, não apenas nesses pontos, mas em toda a Pauta de Reivindicações. O presidente também fez uma breve avaliação de campanhas salariais de outras categorias, que conquistaram ganho real com a pressão de greves e paralisações. “Somente com a nossa luta manteremos e conquistaremos direitos”, ressaltou.

O perigo das OSs

Com a Reforma Trabalhista e a lei nº 13.429 aprovada, a terceirização irrestrita está liberada. Em diversas cidades aparecem novos casos de organizações sociais (OSs) na administração do município, como aconteceu em Florianópolis, que significam uma privatização velada do serviço público. Ulrich falou sobre como o prefeito Udo tem mencionado nas reuniões a possibilidade de implementação de OSs na cidade e que a categoria precisa estar muito atenta a isso, pronta para lutar caso uma proposta retrógrada como essa seja aprovada. É o mesmo que acontece nacionalmente com o Sistema Único de Saúde (SUS), que está sendo destruído. Os trabalhadores precisam estar cada vez mais preparados e a mobilização é o ponto crucial para barrar esses ataques.

Assembleia dia 24/5

Todos os servidores estão convocados a participar da próxima assembleia no dia 24 de maio, às 19 horas, no Sinsej. É somente com unidade e mobilização de toda a categoria que será arrancado do prefeito cada ponto da Pauta. Converse com seus colegas no local de trabalho e convide-os a participar.

#NãoTemArrego

Deixe um comentário