por
 em Joinville

Na noite dessa terça-feira (7/8) diretores do Sinsej se reuniram com orientadores e supervisores das escolas municipais de Joinville, para tratar dos principais problemas enfrentados por esses trabalhadores. Entre os temas estava o desvio de função e a aposentadoria especial. Também participou da discussão o advogado do Sinsej, Luiz Gustavo Rupp.

A reunião iniciou com a palavra dos servidores presentes, que relataram os problemas que têm enfrentando nos locais de trabalho. A orientação é de que os servidores devem resistir nas unidades contra os abusos, com relação à substituição de professores. “O fato de se substituir professor em sala de aula não pode comprometer o exercício da própria função (orientador e supervisor escolar), isso caracterizaria desvio de função e deve ser combatido”, explicou a diretora Mara.

Após isso, o advogado Luiz Gustavo esclareceu as dúvidas sobre a aposentadoria especial, que é concedida somente aos professores. Também explicou que o Ipreville não reconhece aposentadoria especial quando a função em sala de aula é interrompida, mesmo que por determinado período.

Ao fim, foi encaminhado que os servidores organizarão uma pauta objetiva do que esperam da Prefeitura e da Secretaria de Educação, para então ser discutida novamente com o sindicato. Foi citado ainda o caso dos agentes administrativos das unidades escolares, que se mobilizaram e conquistaram a redução de jornada de trabalho sem redução de salário (de 8 para 6 horas diárias), mostrando que é possível, sim, garantir direitos através da organização.

Servidores discutiram os principais problemas enfrentados nos locais de trabalho | Foto: Marcio Avelino do Nascimento

Exibindo 6 comentários
  • Sandra Manoela Mafra Severino
    Responder

    N pude comparecer na reunião devido a problema de saúde, mas quero deixar o registro sobre esta função. Sabe-se que o serviço de orientação é concedido em uma unidade escolar de acordo com o número x de alunos, mesmo sabendo que essa função é bem aceita por todo corpo docente. Mas quando esse número ultrapassa os limites para um único orientador, a prefeitura n se posiciona e isso também acontece com os supervisores. E assim o esgotamento físico e mental acaba prejudicando ainda mais esta função. Até quando a prefeitura vai ficar adiando, adiando concurso para novos orientadores e supervisores.

  • Rose
    Responder

    Alguma posição da prefeitura quanto à contratação de profissionais do concurso que ainda está vigente para suprir a necessidade nos postos de saúde novos e nas vagas que já existiam? Foram deslocados dentistas de outras unidades para os postos novos, há várias vacâncias por aposentadoria…e tem muitos profissionais com vontade de fazer a diferença aguardando serem chamados.

    • Sinsej
      Responder

      Olá, Rose

      O Sinsej não tem acesso a essas informações. Orientamos você a ligar diretamente no RH da Prefeitura!

  • Agente administrativo
    Responder

    Olhando a foto, vi pouca participação. Mas é assim mesmo, dez dão a cara pra bater e o resto fica na espera. Nós agentes administrativos começamos com dez e terminamos com vinte, só que todos foram beneficiados. Só com a participação de todos, supervisores e orientadores é que vocês irão conquistar alguma coisa. Torcemos por vocês, chega de ser capacho de diretora. Regimento das Unidades Escolares é bem claro. Isso é lei, aprovado pelo COMED.

  • SONIA F DA SILVA
    Responder

    Olá!Quanto aos dentistas deslocados para outro local, inclusive tiraram os únicos dois dentistas que atendiam no ambulatório do servidor! Estive lá outro dia para marcar e, fiquei surpresa quando no balcão disseram que não tem mais dentista e, que foram deslocados para o posto de saúde do Vila Nova.O sindicato está sabendo disso?

    • Sinsej
      Responder

      Olá, Sonia

      O Sinsej entrou em contato com o governo, que não deu uma resposta conclusiva sobre a situação. A “desculpa” é de que com a mudança do ambulatório para o PAN do Bucarein o atendimento do ambulatório está em processo de readequação. Abraço!

Deixe um comentário