por
 em Joinville

A assembleia do magistério que estava agendada para a próxima terça-feira (27/11) foi transferida por decisão dos servidores na assembleia de ontem. A discussão sobre o Calendário Escolar 2019 vai acontecer junto à cobrança em torno do corte no vale-alimentação anunciado pela Prefeitura para o ano que vem, em assembleia com paralisação na próxima quinta-feira (29/11).

O Calendário foi aprovado pela categoria no dia 13 de novembro. Um ofício foi enviado à Secretaria da Educação, junto ao pedido de audiência para discutir essa proposta dos servidores. Porém, a data da audiência marcada pela Secretaria foi 3 de dezembro, considerada muito tarde pela diretoria do Sinsej.

AUDIÊNCIA COM O PREFEITO

O gabinete do prefeito Udo Döhler se comprometeu em atender o sindicato na próxima semana, para discutir sobre o corte no vale. Será incluído na pauta dessa conversa o calendário escolar.

Assim como o vale-alimentação, o Calendário Escolar afeta a todos, pois determina o fim dos trabalhos do ano de maioria da categoria.

MOBILIZAÇÃO

A paralisação dos servidores ocorrerá, como citado acima, em 29 de novembro, com concentração às 9 horas em frente à Prefeitura. Caso o governo não volte atrás de sua decisão no corte do vale, neste mesmo dia será deflagrada a greve da categoria.

Ajude a mobilizar seus colegas e participe. Só com a organização e luta um calendário justo será aprovado e o vale-alimentação será mantido.

Deixe um comentário