Maurício sempre foi um ponto de apoio aos trabalhadores na CVJ | Foto: Nilson Bastian/ Divulgação

Maurício sempre foi um ponto de apoio aos trabalhadores na CVJ | Foto: Nilson Bastian/ Divulgação

O Sinsej lamenta a morte do advogado Maurício Rosskamp, consultor jurídico da Câmara de Vereadores de Joinville, cujo corpo foi encontrado na madrugada desta quinta-feira (20/12). Ele deixa a esposa, professora Ana Lúcia Martins, e três filhos.

Maurício sempre teve um posicionamento claro em defesa do serviço público e dos trabalhadores, empenhando-se pessoal e profissionalmente neste ideal. Ele tinha 53 anos e uma personalidade cativante, sendo estimado por muitos. Trabalhava na Câmara desde 1995, atuou em escritórios particulares e no Ministério Público Federal.

A categoria dos servidores municipais e todos os trabalhadores de Joinville perdem um ponto de apoio importante no Legislativo.

Maurício foi encontrado com marcas de pedra na cabeça às margens da Rua Rio Velho. A Polícia Civil informou que está ouvindo testemunhas para esclarecer se se trata de um assalto seguido de morte ou de um homicídio, e que nenhuma hipótese está descartada. O Sinsej compreende a seriedade do trabalho desenvolvido por ele e exige das autoridades celeridade nas investigações.

O velório acontecerá na capela mortuária Borba Gato 3 e o sepultamento acontecerá amanhã, às 10h30, no Cemitério Municipal.

Maurício Rosskamp, presente!

Exibindo 2 comentários
  • Maria Da Gloria MIRA
    Responder

    Meus sentimentos à família.

  • Eduardo Cani
    Responder

    Meus sentimentos à família. Um colega servidor companheiro, atuante e muito respeitado. Esperamos a elucidação deste crime bárbaro.

Deixe um comentário