por
 em Joinville

Na última sexta-feira (9/3), dois elevadores do Hospital São José (HSJ) pararam de funcionar. Durante o período em que ficaram desativados, o transporte dos pacientes entre o primeiro e quarto andar foi realizado pelos servidores pelas escadas. Diante desta situação, a Prefeitura se exime de qualquer responsabilidade dizendo que os elevadores pararam de funcionar porque foram vandalizados.

O Sinsej repudia essa declaração do governo, que não explica nada e ainda lança dúvidas sobre a integridade dos servidores e da própria comunidade. Os elevadores pararam de funcionar devido à irresponsabilidade da Prefeitura, que não renovou o contrato com a empresa de manutenção. Outros dois elevadores do HSJ estão desativados há mais de três anos, sem qualquer previsão de voltar a ativa.

O Sinsej exige que, se houve sabotagem, que se comprove quem e como foi realizada. Caso contrário, o governo deve assumir sua responsabilidade na conservação e manutenção das estruturas dos prédios públicos, bem como retirar esta grave acusação que atinge a todos os joinvilenses.

Deixe um comentário