A direção do Sinsej vem, por meio desta nota, manifestar seu total repúdio à ação de autoritarismo e censura promovida por dois homens que se identificaram como assessores do Deputado Estadual Sargento Lima (PSL) na Eeb. Prof. Jandira D’Avila de Joinville. Sob o absurdo argumento da doutrinação de esquerda eles tentaram invadir a sala dos professores da escola para arrancar um cartaz do SINTE que democraticamente chama para a Greve Geral do dia 14 de junho em defesa da educação pública de qualidade e contra a reforma da previdência.
Manifestamos nossa solidariedade aos profissionais da educação da Escola e reafirmamos nosso compromisso com o serviço publico gratuito e de qualidade. Por isso chamamos a toda classe trabalhadora para unida, lutar contra a retirada de direitos e a reforma da previdência.

Direção Sinsej

Comentários
  • Luiz Carlos Vieira
    Responder

    O que houve com esse espaço não é colocado nenhuma informação para os associados do sindicato, a outra direção tinha mais informações para nós associados ninguém ficou sabendo o que houve na audiência que teve com a prefeitura não nos foi comunicado se depois da deflagração da greve a pmj chamou o sindicato para conversar para uma nova proposta, portanto está faltando comunicação.

Deixe um comentário