Mais uma vez a prefeitura demonstra seu desrespeito pela categoria e não cumpre o acordo feito na mesa de negociação da data-base de que não descontaria os dias de paralisação. A direção do Sinsej deixa claro que o desconto feito na folha de pagamento deste mês é indevido! Assim que o sindicato tomou conhecimento da situação a presidenta Jane Becker entrou em contato com a Secretaria de Gestão de Pessoas para pedir esclarecimentos e exigir respeito ao que foi firmado. O acordo é claro e está documentado através de ofício enviado pela prefeitura ao Sinsej em 17 de junho: abono dos dias 22 de março, 15 de maio e 14 de junho. “Diante desta arbitrariedade nós exigimos que a prefeitura devolva o valor descontado de cada servidor e servidora através de uma folha complementar”, informou Jane.   

Deixe um comentário