Auxiliares aprovam proposta de projeto para inclusão da categoria no PCCS do magistério

Reunidas nesse 21 de novembro, no Sinsej, servidoras auxiliares de educador aprovam proposta de projeto do Sindicato para inclusão da categoria no PCCS do Magistério. O documento foi elaborado pela assessoria jurídica com apoio da direção da entidade sindical e da comissão de auxiliares.

Cansadas da falta de valorização do seu trabalho, as auxiliares buscaram o Sinsej para solucionar o caso, já que sem elas o trabalho em sala de aula não acontece.

Agora, com a proposta do projeto aprovada, cabe à categoria organizada junto ao Sindicato apresentar o texto e pressionar o Legislativo e o Executivo para que se transforme em lei municipal. Para isso, no próximo período serão solicitadas reuniões com o governo municipal para tratar da reivindicação.

Para a diretora de formação do Sindicato,  Emanuelle Prado, não podemos ter ilusão nesse governo, no entanto esse projeto é possível de ser aprovado. A gente precisa lotar assembleias, audiência pública, se organizar efetivamente.

O texto atualiza funções do cargo, assim como inclui uma tabela de progressão salarial que leva em conta  merecimentos, formação e tempo de serviço, bem como a mudança da nomenclatura do cargo para auxiliar de professor.

A reunião contou com a presença do assessor jurídico do Sinsej, Gustavo Borges que ajudou a tirar dúvidas das profissionais.

Deixe um comentário