Servidoras e direção do Sinsej entregam carta contrária ao PLC 51/2019

A mobilização, feita pelas supervisoras e orientadoras escolares junto ao Sinsej, contrária ao Projeto de Lei Complementar nº 51/2019 resultou na retirada do projeto da Câmara de Vereadores de Joinville ontem, 26 de novembro. O PLC, de autoria da Secretaria de Educação e proposto pelo vereador Roque Mattei, extingue cargos e cria outros cargos por livre nomeação – com gratificações que chegam a quase duplicar os salários dos comissionados – foi alvo de questionamentos do Sindicato logo que entrou em tramitação na CVJ, dia 4 de novembro.
Em reunião entre a SED e as servidoras no dia de ontem (26), a Secretaria se comprometeu a modificar o texto em algumas partes, no entanto mantém o que é mais grave no projeto, que é a livre nomeação de cargos comissionados e o fim das contratações desses profissionais por concurso.

 

Projeto vai voltar pro Legislativo
A direção do Sindicato acompanhou a mobilização das servidoras no Poder Legislativo que após a reunião com a Secretaria se deslocaram para lá e entregaram carta aos parlamentares durante a sessão em Plenário. A carta pontuava as falhas do PLC. Alguns vereadores já se colocaram contrários ao projeto.
O objetivo da Prefeitura é apresenta-lo novamente à Câmara com problemas que em nada contribuem com a educação. Não vamos nos enganar. Precisamos de mais concurso e de valorização na carreira, concurso público e não de cargos comissionados.
Para a diretoria do Sinsej, a retirada do projeto que já estava em tramitação demonstra a força da organização da categoria com a entidade e foi uma vitória!

Exibindo 2 comentários
  • Sebastião Belli Filho
    Responder

    Parabéns SINSEJ, parabéns presidentA Jane pelo empenho. Parabéns aos colegas e colegas da educação que se mobilizaram, e também os vereadores,em especial ao Sr. Rodrigo Fachine que se posicionaram contra esse absurdo proposto pelo Sr. Roque Matei.

  • Marisa Vicentin
    Responder

    Parabéns SINSEJ e obrigada pelo apoio, a luta só teve uma pausa… precisamos ficar atentos pois eles vão agir escondido.

Deixe um comentário