A diretoria do Sinsej repudia os comunicados da Secretaria de Educação de Joinville publicados dia 8 de novembro, por meio do Sistema EVN, que restringem ao período noturno dos dias 11 e 12 os horários para que o servidor possa pedir transferência/remoção de escolas para o ano de 2020. As vagas são para o exercício do cargo de professor de artes, ensino religioso e inglês, de supervisor e de orientador escolar (dia 11) e para professor de ciências, história e português e de auxiliar escolar (dia 12).

O horário estabelecido prejudica os servidores que trabalham à noite em outras redes de educação, já que muitos precisam complementar sua renda.

Após contato da diretoria do Sindicato com a coordenadora do Núcleo de Gestão de Pessoas da Secretaria da Educação solicitando a revisão dos horários para possibilitar a participação de todos os interessados nesse processo, os horários foram mantidos. Conforme informações, não houve  reclamações das servidoras e dos servidores quanto a isso.
O Sinsej orienta a todas e todos que se sentirem prejudicados com a decisão a entrarem em contato com o NGP da SED e falarem com Josiane, reforçando o quão prejudicial é esse posicionamento.

Deixe um comentário