Diante dos ataques sofridos diariamente pelos trabalhadores nos ramos público e privado, em meio à pandemia do Covid 19, o Conselho de Representantes do Sinsej reuniu-se na noite desta segunda-feira (15) e tomou decisão de intensificar mobilização em defesa de direitos.

Além dos riscos de aumento da alíquota do Ipreville de 11 para 14% e a falta de vontade da prefeitura em realizar concurso público, que já estavam postos no início do ano, nós servidores municipais de Joinville temos enfrentado muitos outros. Não temos garantia de testagem pra Covid pra todos que estão na ativa nos serviços essenciais, sofremos congelamento nos salários e avanços na carreira, o prefeito quer ignorar nossa data-base 2020 e podemos encarar mais um duro golpe na aposentadoria caso seja aprovado o PL 58/2020. O Projeto do prefeito patrão Udo Döhler, que isenta a Prefeitura de pagar sua contribuição ao Ipreville de março até dezembro deste ano, está em debate na Comissão de Legislação da Câmara que vai apresentar seu parecer na segunda-feira, da 22, às 15 horas.

Abaixo o PL 58/2020
Para barrarmos todos os ataques, uma ampla campanha em defesa dos direitos é imprescindível. Vamos encher de cartazes nossas unidades de trabalho, tirar fotos com esses cartazes em nossas casas, usar as redes sociais, telefonar e enviar mensagens e e-mails para os vereadores e para o prefeito exigindo tanto a retirada do PL 58/2020, como também a retomada das negociações referentes à Campanha Salarial. Tire uma foto sozinho ou com seus colegas de trabalho, publique nas suas redes sociais e envie para o setor de comunicação do Sinsej pelo Messenger do Facebook ou por WhtasApp para o número 47 9723-0220.

Gratificação para serviços essenciais
Por conta do alto risco de contágio pelo coronavírus, o Conselho de Representantes também decidiu lutar junto com a diretoria do Sindicato pela implementação de uma gratificação de insalubridade aos servidores nos serviços essenciais em meio à pandemia. Para debater o tema, será realizada reunião virtual na próxima segunda-feira, dia 22 de junho, às 19 horas com todos os interessados. Nessa reunião, o servidor deverá acessar o ambiente da reunião com seu login, identificando em seguida no chat seu nome e local de trabalho.
Acompanhe nossas ações e siga conosco em luta por direito, valor e respeito!
Participe.

Comentários
  • Gomes
    Responder

    Estamos ferrados… reuniões que nada resolvem…

Deixe um comentário