Dando continuidade às visitas periódicas aos locais de trabalho, a direção do Sinsej está percorrendo as unidades de serviços essenciais, dialogando com a categoria, ouvindo suas demandas, levando informações e mobilizando para as ações paralisação, para o ato e para a assembleia da próxima segunda-feira (21) às 14h30 em frente à Câmara de Vereadores. Os servidores estão recebendo um informativo com as principais lutas, conquistas e ações do Sindicato por direitos, valorização e respeito. Os primeiros locais de trabalho visitados foram a UBSF Jativoca no Bairro Nova Brasília, a UBSF Vila Nova e a subprefeitura do Bairro Vila Nova.

Só a mobilização será capaz de evitar a redução de salário – Durante as visitas os diretores do Sinsej estão focados também na mobilização da categoria que nesta segunda-feira (21) irá cruzar os braços e dizer não à redução de salários. O objetivo é pressionar os vereadores para que votem contra o PLC 03/2020 de autoria do prefeito patrão Udo Döhler (MDB) que quer aumentar a alíquota do Ipreville de 11% para 14%. Às 14h30 a categoria fará um ato/assembleia em frente à Câmara de Vereadores deixando claro que servidor não vota em traidor.

Deixe um comentário