A partir dos próximos dias, Camila Dalri, Eliane Bittencourt, Geovani Lampugnani, Priscila Veiga e Zoe Bianca Dalri assumem a Direção Executiva do Sinsej como diretores liberados. A decisão foi tomada em reunião da diretoria Plena do Sindicato, na noite dessa segunda-feira (9), entendendo a necessidade e a responsabilidade da direção liberada sindical. Cada um dos novos membros liberados, mesmo antes de eleito no ano passado, tem demonstrado em sua história um forte compromisso nas lutas da categoria.
Assim, a diretoria do Sindicato segue unida e forte na defesa dos direitos, da valorização e do respeito dos servidores num momento de severos retrocessos pelos quais o povo trabalhador vive no país e quando os serviços públicos são cada vez mais ameaçados com esse governo.

O que dizem os novos diretores liberados:

Nessa nova etapa do Sinsej tenho como desafio assumir a pasta de formação, que acredito ser primordial na construção de um sindicato forte e combativo. Quero proporcionar formação política forte, que contribuirá muito nas lutas, na conscientização da categoria e na emancipação dos trabalhadores.” – Camila Dalri de Borba, Secretária de Formação Sindical

 

 

Espero somar. Fazer meu trabalho da melhor forma possível, com a devida transparência que me é exigida.” – Eliane Bittencourt, Secretária de Patrimônio

 

 

Espero corresponder aos anseios de todos os servidores, contribuindo para que o Sinsej permaneça forte e unido, lutando sempre pelos interesses de nossa classe.” – Geovani Lampugnani, Secretário de Comunicação.

 

 

Meu objetivo é unificar a luta entre a categoria e espero contribuir ativamente nas conquistas e defesa dos servidores e serviço público de qualidade e gratuito”- Priscila Veiga, diretora liberada

 

 

Vou continuar a participar ativamente das lutas da categoria, defendendo os interesses da classe trabalhadora” – Zoe Bianca Dalri, diretora liberada

Comentários
  • César Luis Dariva Moretti
    Responder

    Existe uma frase do grande compositor Chico Buarque que eu concordo, que é:As pessoas têm
    medo das mudanças.Eu tenho medo que as coisas nunca mudem.
    Todo processo de mudança é positivo, quando existe união e objetivos comuns!
    Um sindicato unido na defesa dos interesses dos servidores públicos é uma conquista para enfrentar novas lutas e desafios!

Deixe um comentário